Coronel Malucelli participa de reunião do G7 em Foz do Iguaçu
  • 25-anos
  • despoluir
  • sest senat

Coronel Malucelli participa de reunião do G7 em Foz do Iguaçu

26 de novembro, 2018

A Itaipu e o G7 – grupo de entidades empresariais que representa o setor produtivo paranaense – assinaram
um protocolo de intenções no último dia 23 de novembro. O compromisso prevê uma série de iniciativas e ações para o desenvolvimento econômico, social e ambiental do Paraná, contemplando suas diferentes regiões e cadeias produtivas.

A assinatura ocorre menos de um mês após a visita do governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior, ao diretor-geral brasileiro da Itaipu, Marcos Stamm, no escritório de Itaipu, em Curitiba. Na ocasião, Stamm
e Ratinho Júnior conversaram sobre a possibilidade de ampliar as parcerias entre o poder público e a iniciativa privada para tratar de temas estratégicos para o estado, principalmente na área de infraestrutura.

Para Stamm, a parceria será uma forma de disseminar os conhecimentos da Itaipu. “Somos uma empresa
catalisadora de ações que visam à sustentabilidade. Podemos contribuir muito para que os municípios paranaenses aprimorem suas ações sustentáveis”, disse o diretor-geral.

As parcerias terão como meta o cumprimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável, os ODS, estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Estes objetivos compõem uma estratégia de governos e sociedade em prol das ações que visam guiar a rota do desenvolvimento mundial até 2030.

O vice-governador eleito e presidente da Fecomércio, Darci Piana, reforçou a importância da parceria com
a Itaipu. “Itaipu tem mostrado sua força e feito um trabalho extraordinário aqui no Oeste do Paraná. Temos interesse que Itaipu venha a fazer isso por todo o Estado. Junto com o governo que inicia agora, podemos dar um salto de qualidade, e Itaipu é fundamental nesse processo”, disse Piana.

“Não há outro caminho para o desenvolvimento, senão a união de instituições sérias e focadas na sustentabilidade”, comentou o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, presente à assinatura.

O protocolo foi assinado pelo diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm, e o diretor-geral paraguaio da Itaipu
binacional, José Alberto Alderete Rodrigues, com a presença de outros diretores brasileiros e paraguaios. O ato é considerado extremamente significativo para a Itaipu e o Estado do Paraná pela relevância das entidades representadas.

Participaram do evento o vice-governador eleito do Estado do Paraná e presidente da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná), Darci Piana; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Edson Luiz Campagnolo; o presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap), Marco Tadeu Barbosa; o representante da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), Antônio Leonel Poloni; o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), Sérgio Luiz Malucelli; o representante da Fecoopar (Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná, Sistema Ocepar), Nelson Costa, e o presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gláucio José Geara.

Também estiveram presentes o diretor superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Paraná), Vitor Roberto Tioqueta; o diretor superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI), Jorge Augusto Callado; o superintendente da Fiep, Irineu Roveda Júnior; o diretor
regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), José Antônio Fares; o vice-presidente de Desenvolvimento Regional da Faciap, Mario Costenaro e o presidente do Programa Oeste em Desenvolvimento, Danilo Vendruscolo.

Os parceiros atuarão com o conceito de desenvolvimento territorial, tendo como eixos a endogenia e a
descentralização dos diálogos institucionais, reconhecendo as peculiaridades regionais dos diferentes territórios e a necessidade de estabelecerem suas prioridades e estratégias próprias.

“Sabemos que essas ações vão sair do papel porque todas as instituições envolvidas contam com equipes
técnicas qualificadas, que poderão de fato concretizar as ideias e projetos”, garantiu o diretor superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Paraná), Vitor Roberto Tioqueta.

O acordo priorizará a geração continuada de trabalho e renda; a ampliação da diversificação produtiva do Paraná; a agregação de valor aos produtos e serviços; o aumento da produtividade do trabalho e dos processos; a melhoria da infraestrutura; a competitividade do Paraná nacional e mundialmente e a plena adequação dos sistemas produtivos e comportamentais aos ODS.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração
de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,5 bilhões de MWh. Em 2016, a usina
brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366
MWh. Em 2017, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo
Brasil e de 86,4% do Paraguai.

 

Comente pelo Facebook

25 ANOS

Visite o hotsite em comemoração aos 25 Anos

saiba mais
DESPOLUIR

Programa Ambiental do
Transporte

saiba mais
SEST SENAT

Serviço Social do Transporte
Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

saiba mais
JORNAL Nov/2018
Proluv
Top