Segurança em Paranaguá
  • 25-anos
  • despoluir
  • sest senat

Segurança em Paranaguá

12 de abril, 2019

A FETRANSPAR tem recebido inúmeras informações de empresários que vêm sofrendo com a atuação de bandidos na região de Paranaguá, no litoral do Estado. O roubo a cargas na cidade é foco dos assaltantes.

Nesta semana a Federação esteve reunida com o  chefe da segurança portuária, em Paranaguá, Major César Kamakawa.  Segundo relatos do major, as ações já foram mapeadas e diversas ações de repressão estão sendo realizadas em conjunto com as Polícias Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal, além da presença da Guarda Municipal.

“A Federação está atenta a esse anseio de empresários e motoristas por mais segurança nas estradas que cortam Paranaguá. Tivemos um retorno positivo da chefia de segurança portuária que afirmou que todas as medidas estão sendo tomadas para desmantelar grupos que vêm praticando esses crimes”, explica o diretor executivo da FETRANSPAR, Tenente Coronel,  Manoel Jorge dos Santos Neto.

Para o presidente da FETRANSPAR, Coronel Sérgio Malucelli, outras medidas em âmbito estadual também vêm sendo tratadas. “A área de segurança pública do Estado bem como o Governo estão cientes deste gargalo no setor de transporte de cargas. Medidas efetivas estão sendo solicitadas para que o Paraná como um todo esteja mais seguro nas rodovias”, explica Coronel Malucelli.

Nos últimos dias diferentes operações foram realizados pelas autoridades policiais do Litoral.

Confira abaixo reportagens que detalham essas ações:

JORNAL FOLHA DO LITORAL - A Polícia Rodoviária Federal, em conjunto com a Polícia Militar Ambiental, o Corpo de Bombeiros, a Prefeitura de Paranaguá e a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná realizaram na manhã de quinta-feira, 11, em Paranaguá, uma operação de fiscalização do ciclo criminoso da comercialização de grãos. Leia mais.

PARANÁ PORTAL - A Polícia Civil do Paraná (PC) cumpre 18 mandados judiciais, nesta quinta-feira (11), contra integrantes de dois “Conselhos de Disciplina”, tidos como tribunais do crime, em que as organizações criminosas julgam e penalizam integrantes que não seguem as normas do grupo. Segundo a PC, geralmente quem “sai da linha” é punido com morte. A ação foi batizada de “Operação Adsumus III” e está sendo deflagrada em Paranaguá, no litoral do Paraná. Leia mais.

Foto: Divulgação

 

 

Comente pelo Facebook

25 ANOS

Visite o hotsite em comemoração aos 25 Anos

saiba mais
DESPOLUIR

Programa Ambiental do
Transporte

saiba mais
SEST SENAT

Serviço Social do Transporte
Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

saiba mais
JORNAL Mar/2019
Proluv
Top