Projetos oferecem 24.500 vagas em cursos gratuitos de qualificação

Projetos oferecem 24.500 vagas em cursos gratuitos de qualificação

03 de junho, 2024

Cerca de R$ 26,6 milhões serão investidos neste ano pela Secretaria do Trabalho, Qualificação e Renda do Paraná em cursos de qualificação profissional nos mais diversos setores da economia. O valor representa 5,5 vezes o montante investido em 2023, quando foram destinados R$ 4,8 milhões em formação de mão de obra qualificada. A previsão é que, até o final de 2024, todos os 399 municípios paranaenses sejam atendidos por, pelo menos, um dos 16 projetos de qualificação ofertados gratuitamente pelo Estado. Ao todo, são 24.500 vagas em cursos de qualificação profissional de diversos projetos.

O secretário Mauro Moraes destaca o grande salto no volume de investimentos feito pelo Estado em capacitação de mão de obra. “Com mais recursos, será possível levar qualificação profissional para os pequenos municípios e também garantir uma ajuda de custo para que os alunos possam concluir o curso com tranquilidade”, disse. Para apoiar os interessados, o Estado oferece um subsídio de R$ 600 aos alunos matriculados em oito dos 16 projetos ofertados pela pasta.

Os projetos de capacitação do Estado são o Qualifica Paraná, Carretas do Conhecimento, Bora Paraná, Mais Qualificação, Start Code (T.I), Projeto Mídias Digitais, Instituto Êxito (EAD), Escola do Trabalhador 4.0 (EAD), Projeto Qualifica Mais Mulheres, Qualifica Mais Gestão, Empreendedoras da Beleza, Plano Paraná Mais Cidades e Seminário Temático. Também fazem parte do cronograma cursos disponibilizados gratuitamente e ofertados aos municípios por meio de parcerias com o Senai, Senac e Sest/Senat, com aulas nos formatos presencial e virtual.

O Projeto Qualifica Paraná, por exemplo, que possui maior oferta de vagas, já habilitou 3,5 mil profissionais em atividades requisitadas pelo mercado de trabalho, como elétrica industrial, mecânica automotiva, soldagem, instalações elétricas, entre outras.

Também houve grande procura por formações nas áreas da panificação, confeitaria e confecção, cursos escolhidos em sua maioria por quem deseja empreender. Até o final do ano, o projeto deve formar 8.108 profissionais em 220 localidades diferentes.

Os interessados em obter qualificação profissional podem acessar o site www.qualificacao.pr.gov.br e selecionar o projeto e curso que mais se adapta ao seu perfil. O número de aulas varia conforme a modalidade do curso e há opções para turma no período da tarde e da noite.

Fonte e Foto: Folha de Londrina, com AEN

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Mai/2024
Top