Nova Concessão de Rodovias no Paraná

Nova Concessão de Rodovias no Paraná

24 de junho, 2020

FETRANSPAR participa de encontro que discute novas diretrizes para o pedágio a ser praticado no Estado do Paraná. Os atuais contratos – ligados ao Anel de Integração -  vencem em 2021 e uma nova licitação será promovida pelo governo Estadual. Lideranças de diferentes áreas estiveram presentes apresentando suas visões e propostas.

“A parceria pública privada continua sendo a melhor alternativa para o desenvolvimento econômico do Estado. A concessões rodoviárias são alternativas plausíveis que agregam segurança e bem-estar nas estradas. Porém, é necessário que o modelo a ser implantado esteja dentro de uma realidade plausível, na qual todos possam ser beneficiados: sociedade, empresas de transporte, usuários, Estado e as próprias empresas. O modelo anterior se mostrou deficitário e deve ser totalmente remodelado. E a Federação está atenta a todo esse processo”, explica Coronel Sérgio Malucelli, presidente da Fetranspar e do Sest Senat no Paraná.

A Federação representa hoje perto de 20 mil empresas de transporte de cargas em todo o Estado. O pedágio é a tarifa que tem grande peso nos custos transportadores.

A reunião realizada por vídeo conferência discutiu o um  novo formato das concessão de rodovias no Paraná a ser adotado e contou com a presenta do presidente do Movimento PróParaná, Marcos Domakoski e Presidente do Instituto de Engenharia do Paraná Horácio Guimarães; do Presidente da Empresa de Planejamento e Logísitica S.A. - EPL - Arthur Luis Pinho de Lima do Superintendente de Concessão da Infraestrutura - SUCON da ANTT - Renan Essucy Gomes Brandão e o Gerente de Estruturação Regulatória da ANTT - GEREG - Marcelo Cardoso Fonseca; Luis Roberto Bruel, Coordenador do Comitê de Infraestrutura do MPP  e João Arthur Mohr da Federação das Indústrias no Paraná. A FETRANSPAR esteve representada por pelo Assessor da Direção – Coronel Neto.

O jornal Gazeta do Povo desta quarta-feira (24), traz um material completo sobre os estudos das novas concessões. Confira na íntegra.

Comente pelo Facebook

JORNAL Jun/2020
Top