Conectividade em estradas

Conectividade em estradas

08 de julho, 2024

Cada vez mais vivemos em um mundo conectado. Porém, ainda há pontos em que o Wi-Fi não tem sinal. Quando isso acontece, muitas vezes, bate aquele “desespero” Nas estradas não é diferente, Wi-Fi disponível oferece uma série de benefícios que vão desde a segurança e conveniência até a eficiência econômica e sustentabilidade, transformando a experiência de dirigir e promovendo um ambiente de transporte mais inteligente e conectado.

“Um dos principais pontos é a questão de segurança. Com acesso à internet, garantimos acesso a informações em tempo real. Motoristas podem receber atualizações sobre condições de tráfego, acidentes, clima e obras na estrada, permitindo que tomem decisões informadas para evitar áreas problemáticas”, aponta o  presidente do Sistema Fetranspar, Coronel Sérgio Malucelli, que ainda complementa: “em caso de emergências, como acidentes ou avarias, os motoristas podem usar o Wi-Fi para chamar ajuda rapidamente, reduzindo o tempo de resposta e potencialmente salvando vidas”.

Este serviço está disponível pelas atuais concessões?

Ambos os contratos das concessionárias EPR Litoral Pioneiro e Via Araucária preveem o sistema de comunicação wireless (conexão sem fio) em todos os trechos de rodovias atendidos. Porém, ainda não estão disponíveis.

A EPR Litoral Pioneiro tem a previsão de disponibilizar o serviço em até 36 meses, após a assinatura do contrato. O objetivo é garantir aos usuários o acesso aos canais de comunicação com a concessionária, principalmente em caso de emergência, em todo o percurso dos 605 quilômetros de rodovias sob concessão. O sinal será oferecido de maneira gratuita.

A Via Araucária também segue o cronograma contratual, prevendo o início do serviço a partir do 36º mês de concessão. Ou seja, até 2027, a empresa deverá oferecer a cobertura de internet. O acesso, gratuito, também será disponibilizado aos usuários nas salas das Bases do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) por um período de 60 minutos por dia.

Já no contrato atual da Arteris não tem previsão do serviço. De acordo com a concessionária, em leilão recente da Anatel para a faixa 5G, um dos quesitos é a disponibilização de sinal 4G/5G nas rodovias federais.

Texto – Gheysa Padilha – Informativo FETRANSPAR

Foto – Divulgação EPR Litoral Pioneiro

Comente pelo Facebook

Tags: #conectividade #estradasdoparaná #sistemafetranspar

JORNAL Jul/2024
Top