Certificação Digital: Inteligência de mercado e tecnologia

Certificação Digital: Inteligência de mercado e tecnologia

09 de novembro, 2020

Hoje em dia é quase impossível imaginar como seria o dia a dia sem o uso da tecnologia. A forma como ela inovou até mesmo o fazer de várias áreas profissionais é impressionante. Imagine a seguinte situação: Você está em uma viagem internacional, e no meio desse acontecimento, surge um imprevisto. No seu país de origem, tem um documento de extrema relevância que precisa ser assinado e não dá para esperar que você volte. Em outro momento, você teria que retornar para então validar esses informes. Hoje, não! O serviço de certificação digital se tornou uma das maiores revoluções digitais quando o assunto é validação de documentos à distância. Você assina declarações de onde estiver, da forma que quiser e não importa a hora.

Mas você sabe onde surgiu o certificado digital? Como ele desburocratizou vários processos federais? E ainda como utiliza seus dados com total segurança? Fique por aqui, e descubra um pouco mais sobre essa tendência tecnológica.

Qual a origem do certificado digital?

A certificação digital surgiu da necessidade de otimizar o tempo das pessoas, tornar prático processos complexos e assegurar a finalidade das informações sensíveis para uso exclusivo de seus portadores. Ela é mais que a sua identidade em ambiente digital, é com ela que você se faz presente em inúmeros trâmites, antes impensados somente com a condição humana. A Link faz parte dessa revolução, e hoje movimenta uma linha de produtos que deixam o mecanismo ainda mais potente, funcional e eficaz.

Quais vantagens posso ter com o certificado digital?

A primeira vantagem é a diminuição da burocracia. Como o certificado digital dá validade jurídica à assinatura, você não precisa recorrer a cartórios para realizar reconhecimento de firma, gerando uma grande economia de tempo e dinheiro.

Praticidade e eficiência

Um dos pontos fortes da assinatura digital é a facilidade em relação a múltiplos assinantes de um arquivo. Mesmo que estejam distantes, mas com uma conexão a internet e portando seu certificado digital, as pessoas podem assinar o mesmo documento. Médias e grandes empresas podem utilizar a assinatura digital para facilitar seu dia a dia. Como diversas pessoas podem ter de assinar o mesmo documento, fazer isso manualmente seria muito demorado. Por isso, assinar documentos digitalmente traria maior agilidade a esse processo.

Quando há um grande volume de documentos a serem assinados, utilizar o papel e a caneta levará um bom tempo. Mas utilizando o certificado digital, você pode assinar documentos por lote, utilizando um programa de assinaturas digitais, assim você assinará vários documentos de uma única vez.

Economia criativa e sustentabilidade

Além da economia de valores destinados a motoboys e cartórios, você também diminuirá os gastos com papel e a gestão de documentos físicos. Utilizando documentos digitais, você pode fazer uma gestão mais funcional, criando um sistema de segurança que o utilize para acessar determinados documentos.

Segurança

Outra característica é a segurança das informações. Caso o documento seja alterado, mesmo depois de assinado, ele perde o vínculo com os certificados que o assinaram, já que a assinatura digital é feita e calculada (é um algoritmo matemático, em que se houver alguma modificação, o resultado nunca será o mesmo) a partir do momento em que o documento foi assinado. Ao ser alterado, o computador mostrará essa informação e o documento perderá a autenticidade.

Desse modo, podemos ver que assinar documentos digitalmente possui ótimas vantagens para diversos tipos de profissionais, podendo facilitar o dia a dia de pessoas e empresas. O certificado digital também garante a segurança das informações de um documento, proporcionando validade jurídica a ele.

Quais são os modelos?

e-CPF

É a identificação da pessoa física em meio eletrônico. Com ele, é possível assinar digitalmente documentos, dando validade jurídica a eles, declarar imposto de renda, recuperar informações de declarações anteriores, consultar e atualizar cadastros, o contribuinte pode realizar o SPED. Também é possível ter acesso à Conectividade Social (desde que seja inclusa a matrícula CEI) e muito mais. Está disponível nos modelos A1 e A3.

e-CNPJ

É a identificação da pessoa jurídica em meio eletrônico. Com ele, a empresa fica em dia com as obrigações governamentais e pode acessar diversos serviços da Receita Federal, como entrega de declarações, consulta à situação fiscal do contribuinte, assinatura de notas fiscais eletrônicas, estadual e municipal. Está disponível nos modelos A1 e A3.

NF-e

É um Certificado Digital sem vínculo com a Receita Federal, portanto, ele não necessita ser emitido apenas para o representante legal, sendo permitida a emissão para um funcionário ou procurador, contudo, ele se torna limitado apenas para emissão de Notas Fiscais Eletrônicas e sistemas que não exijam certificados cadeia RFB.

Agora, que você aprendeu um pouco mais sobre esse assunto, se quiser ficar ainda mais por dentro das novidades do universo da certificação digital, acesse nosso site e obtenha maiores informações.

Mais informações:

AR INSTITUTO FETRANSPAR Certificação Digital
www.arinstituto.com.br
Telefone: (41) 3044-0105
WhatsApp: (41) 9 9868-0318
E-mail: [email protected]
Rua 24 de Maio, 1294 – Rebouças
Curitiba – PR – CEP: 80.220-060

Fonte: Divulgação

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Nov/2020
Top