Trabalho conjunto entre o Procon e o Ministério Público investiga abuso no aumento dos combustíveis

Trabalho conjunto entre o Procon e o Ministério Público investiga abuso no aumento dos combustíveis

11 de março, 2022

As distribuidoras e postos de combustíveis que reajustaram o preço antes de pagar mais caro pelos produtos podem ser multados pelo Procon. Diversos postos de Curitiba aumentaram o valor do litro do combustível, principalmente da gasolina, momentos depois que a Petrobras anunciou o reajuste que passaria a valer a partir de amanhã (sexta). O Procon já acionou o Ministério Público do Paraná para um trabalho conjunto, após várias reclamações de consumidores.

De acordo com a diretora do Procon, Claudia Silvano, se for constatado o abuso os estabelecimentos podem ser multados em até R$ 11 milhões.

Ouça reportagem

Fonte: Band News Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Nov/2022
Top