SEST SENAT - Mercado de trabalho do setor de logística deve crescer 26% no mundo

SEST SENAT - Mercado de trabalho do setor de logística deve crescer 26% no mundo

22 de novembro, 2017

O setor de logística enfrenta deficit de bons profissionais no mundo. Estudo encomendado pela DHL, maior empresa de logística do mundo, feito junto a 350 companhias do setor, nas cinco regiões do planeta, mostra que há, em média, seis vagas para cada profissional. Em alguns casos, a proporção chega a nove vagas para cada profissional disponível.

O mesmo levantamento estima que os empregos na área de logística devem crescer 26% em relação ao que havia em 2010. Entre as principais competências exigidas, atualmente, estão conhecimentos táticos/operacionais e habilidades analíticas. Nos próximos anos, também farão diferença liderança, pensamento estratégico, inovação e capacidades analíticas e tecnológicas de alto nível.

A logística envolve o processo de planejamento, implementação e controle do fluxo e armazenamento de bens de forma mais eficiente e econômica, a fim de garantir que os produtos cheguem ao local certo, e na condição, na quantidade e no momento certos, com o menor custo possível.

Veja seis cursos gratuitos que o SEST SENAT oferece, por meio da plataforma a distância, para quem tem interesse em trabalhar nessa área. Eles abordam desde noções introdutórias até temas mais específicos sobre logística. O aluno estuda pela internet e, após realizar as avaliações, recebe certificado de conclusão.

- Planejamento e gestão do transporte multimodal (30h)
- Logística Integrada - Suprimentos, Distribuição e Supply Chain (20h)
- Logística: conceitos e aplicações (30h)
- Gestão do nível de serviço logístico (30h)
- Organização do transporte no Brasil (50h)
- Tópicos especiais da logística de transporte de cargas (10h)

Acesse o site da EaD SEST SENAT para conhecer todos os cursos disponíveis. São mais de 200 opções de capacitações nas áreas de gestão, transporte, educação, social, educação e regulamentados pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Foto: Divulgação

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top