SEST SENAT - Dia do Motorista: as mãos que conduzem o país

SEST SENAT - Dia do Motorista: as mãos que conduzem o país

25 de julho, 2018

Quando Santos Dumont, o pai da aviação, trouxe da França, em 1891, um Peugeot com motor a explosão, não poderia imaginar a revolução que faria no país. O modelo, que desembarcou de navio no porto de Santos, foi o primeiro de uma frota que hoje já ultrapassa os 98 milhões de veículos, segundo dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Mais de cem anos depois, o que se vê é um país sendo movimentado sobre rodas – sejam elas de caminhões, de ônibus, de táxis ou de veículos de passeio – e conduzido pelas mãos de motoristas que têm a responsabilidade de transportar pessoas, alimentos, insumos industriais, medicamentos e tantos outros produtos essenciais.

Por esse motivo, é justa a comemoração do Dia do Motorista, celebrado em 25 de julho – Dia de São Cristóvão, santo católico considerado o padroeiro dos motoristas. Nesta reportagem especial, contamos histórias de alguns desses profissionais. Fizemos uma viagem de Brasília a Goiânia em um ônibus; retornamos à capital federal em um caminhão; conversamos com um taxista contador de histórias; e com um motorista que já conduziu figuras emblemáticas da política brasileira. Confira na reportagem.

A origem do Dia do Motorista

O Dia do Motorista, comemorado em 25 de julho, também é o Dia de São Cristóvão, santo católico considerado o padroeiro dos motoristas no Brasil. Cristóvão significa “aquele que carrega Cristo”.
Reza a lenda que Cristóvão trabalhou por um bom tempo transportando pessoas nas costas para que pudessem atravessar um rio.

Certa vez, ele colocou um menino nas costas e, a cada passo que dava, o seu peso ia aumentando. Então, disse: "Parece que estou carregando o mundo nas costas". O menino respondeu: “Tiveste às costas mais que o mundo inteiro. Transportaste o criador de todas as coisas. Sou Jesus, aquele a quem serves”. Desde então, passou a ser conhecido como protetor e padroeiro dos viajantes e motoristas.

Fonte: SEST SENAT Foto: Gueldon Britto

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top