Pavimentação da PR-239 entre Pitanga e Mato Rico está 74% executada

Pavimentação da PR-239 entre Pitanga e Mato Rico está 74% executada

21 de junho, 2024

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), autarquia da Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), atingiu a marca de 74,75% de execução da pavimentação da PR-239 entre Pitanga e Mato Rico, na região Central do Paraná. A obra prevê 43,15 quilômetros de pista com duas faixas de 3,5 metros de largura e acostamentos externos de 2,6 metros.

Também serão implantados 14,8 quilômetros de terceiras faixas em pontos críticos, além de cinco correções de traçado, duas interseções em nível, sistema de drenagem de águas e nova sinalização horizontal e vertical.

Até agora, 30 quilômetros da rodovia já receberam a pavimentação, composta por camadas de base e sub-base de materiais compactados, e a capa asfáltica, que é a camada de acabamento. Estes serviços continuam avançando no restante do trecho.

Como são necessários serviços de terraplenagem mais extensivos que o previsto originalmente, com escavações e movimentação de grande volume de rochas, a previsão atual é de concluir a obra no início de 2025. Nesta etapa também são implantados os dispositivos de drenagem, que lidam com águas subterrâneas e águas das chuvas.

Benefícios

Além de trazer mais segurança e conforto no deslocamento dos habitantes, a rodovia vai facilitar o escoamento da produção agrícola local, uma das principais fontes de renda dos municípios, proporcionando mais desenvolvimento socioeconômico para a região.

A obra neste trecho da PR-239 irá também ligar Mato Rico à malha rodoviária estadual por meio de uma via pavimentada. Mato Rico é um dos últimos municípios do Paraná que ainda não contava com este tipo de acesso rodoviário com asfalto.

Esta pavimentação está incluída no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) com a SEIL para o desenvolvimento da malha paranaense. Cabe ao DER/PR a execução de obras e elaboração de projetos executivos de engenharia com recursos do banco.

Emergencial

No final do ano passado, a PR-239 foi uma das rodovias atingidas por escorregamento de terra causado pelas fortes chuvas. O dano foi concentrado próximo ao entroncamento com a PRC-466 em Pitanga, no início do trecho recém-pavimentado.

Já em dezembro teve início a obra emergencial de recuperação do talude de corte da rodovia, com serviços de contenção, retaludamento e implantação de novo sistema de drenagem, com as atividades devendo ser finalizadas em setembro. Atualmente o tráfego de veículos é desviado pelo acesso antigo da rodovia, a cerca de 500 metros de distância.

Tanto a pavimentação quanto a recuperação emergencial são administradas pela Superintendência Regional Campos Gerais do DER/PR.

Fonte: AEN Foto: DER

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Jul/2024
Top