NTC - XI Congresso Técnico olhar empresarial discute temas de relevância para o futuro do setor

NTC - XI Congresso Técnico olhar empresarial discute temas de relevância para o futuro do setor

12 de maio, 2021

Encerrando os dois dias intensos de grandes eventos, foi realizada ontem à noite (11), a décima primeira edição do Congresso Técnico Olhar Empresarial, on-line e com a participação de mais de 350 pessoas ao vivo.

O evento que contou com a apresentação dos coordenadores nacionais da COMJOVEM, André de Simone, Joyce Bessa e Geovani Serafim foi um marco positivo na história da comissão e do evento, trazendo mais uma vez para o centro da discussão medidas importantes que impactam o dia a dia do transportador.

Ao iniciar o evento, André de Simone perguntou aos parceiros de transmissão e ao público presente sobre o que eles eram gratos naquela noite, fazendo uma reflexão sobre o momento do país e os impactos da pandemia na vida das pessoas.

Em seguida, o presidente da NTC&Logística, Francisco Pelucio abriu as participações no congresso cumprimentando a todos que acompanhavam, aos convidados e os patrocinadores, na oportunidade relembrou a atuação sempre presente do presidente da CNT, Vander Costa que não deixou de participar de nenhum dos eventos da entidade e também desejou um bom congresso. “Estamos muito felizes com esses dois dias de eventos e com certeza o Olhar Empresarial será mais um sucesso. Parabéns aos coordenadores pela condução dos trabalhos”.

O vice-presidente da NTC, Eduardo Rebuzzi também aproveitou a oportunidade para cumprimentar e parabenizar todos, “Parabéns a COMJOVEM por mais esse evento, com certeza sairemos daqui mais uma vez com informações importantes com os debates ricos que teremos”.

Vander Costa, presidente da CNT comentou e apresentou a agenda da confederação de 2021 e parabenizou o evento, falando da importância de discussões como esta, “Parabéns a todos da COMJOVEM, quero deixar claro que nunca participei da comissão porque na minha época não tinha. Podem contar sempre com a CNT e comigo”.

O coordenador do Instituto COMJOVEM de Desenvolvimento Mercadológico, Luiz Gustavo Nery apresentou as novas diretrizes do projeto e agradeceu o apoio e incentivo de todos para que as atividades aconteçam. Ele também ressaltou a importância do Instituto para o setor.

O deputado federal Lucas Gonsalez, participante da COMJOVEM de Belo Horizonte, abriu o primeiro painel e agradeceu a participação de todos e o convite, ressaltou a importância da comissão e dos temas apresentados. “Sempre é uma alegria e felicidade participar de tudo da COMJOVEM, quero agradecer ao presidente da NTC, os coordenadores da comissão, convidados em especial ao Urubatan Helou, que foi um dos responsáveis junto ao Tayguara por eu ter conhecido a COMJOVEM quando eu iniciava na empresa da minha família”. Lucas também ressaltou a importância do tema, a PL dos Correios, “Não queremos acabar com os Correios, mas sim tirar da instituição o monopólio sobre os serviços postais e criar maior concorrência, que com certeza irá contribuir com toda a sociedade”.

Dando sequência às atividades, o empresário da MP Express e vice-presidente da entidade para assuntos postais, Antonio Juliani comentou sobre o Projeto de Lei (PL) 591/21, que muitos chamam de “PL dos Correios”. Segundo o empresário em sua apresentação, “A PL não trata diretamente sobre a venda da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, mas cria a possibilidade de que a iniciativa privada atue no setor.

Assim, abre-se caminho para uma desestatização que pode ocorrer em um segundo momento”. Perguntado se acredita que a PL será aprovada, ele respondeu que sim, destacando que esse é um bom caminho para o país.

O presidente da FETRANCESC, Ari Rabaiolli abriu o segundo painel, destacando a importância das discussões e sobre o tema e comentou sobre a dificuldade da aprovação da desoneração da folha de pagamento. E fez uma pergunta para iniciar a contribuição do convidado para discutir sobre as bandeiras tributárias do setor, “Como fazer uma reforma sem onerar o setor de serviços, em especial o transporte rodoviário de cargas?”.

Urubatan Helou, diretor-presidente da Braspress e vice-presidente para assuntos tributários da NTC, antes de iniciar as atividades cumprimentou todos os presentes, dando menção aos presidentes de entidades que antecederam sua fala. Também aproveitou para parabenizar a coordenação da COMJOVEM e ao deputado federal, Lucas Gonzalez, “Tenho muito orgulho desses quatro jovens”, destacou.

Em sua fala forte sobre o sistema tributário brasileiro, ele deu vários insights e comentou sobre a força do transportador brasileiro e também do empresariado como um todo, respondendo a pergunta do mediador, Ari Rabaiolli. Helou também destacou que ter negócios no Brasil não é fácil e fez alusão sobre como seria grandes empresas mundiais de renome, estabelecer negócios no nosso país. Em seguida ele parabenizou a força e a coragem dos que se propõem a empreender e disse que esses sim, são heróis.

O evento finalizou com as mensagens finais dos coordenadores nacionais da COMJOVEM, com um desejo de próximo evento presencial e agradecendo a todos pela oportunidade e aos que fizeram ser possível a realização do evento.

Fonte e Foto: NTC&Logística

Comente pelo Facebook

JORNAL Abr/2022
Top