MITOS & FATOS - Fórum reúne autoridades e debate o futuro do Paraná na FIEP

MITOS & FATOS - Fórum reúne autoridades e debate o futuro do Paraná na FIEP

30 de novembro, 2018

Um encontro de mentes para ampliar o potencial de crescimento do Paraná. Assim pode ser definido o
Fórum Mitos & Fatos, realizado nesta quinta (29) no Câmpus da Indústria da FIEP pela Rede Jovem Pan e o Grupo RIC. Nesta primeira edição paranaense, o público de aproximadamente 300 pessoas (e inúmeras outras que assistiram o evento ao vivo pelos canais do YouTube e Portal RICMAIS) acompanharam 3 painéis de debate sobre infraestrutura, produtividade/agronegócio e turismo. (Assista na íntegra abaixo)

“O Mitos & Fatos nasceu da vontade de debater assuntos relevantes para o cidadão e para o futuro do país”, disse Leonardo Petrelli, Presidente Executivo do Grupo RIC Paraná.  “Como diminuir a burocracia e a lentidão que impossibilitam o progresso? No agronegócio, o mesmo, quais são os desafios? Para a vontade de romper paradigmas, não basta aparecer apenas no mundo das ideias: é preciso enfrentar os modelos que já existem. É preciso ideias melhores, pois ideias melhores atraem pessoas melhores”, explicou ainda o presidente.

Para falar sobre assuntos tão importantes para o desenvolvimento nacional e estadual, o evento que pela primeira vez é realizado fora do estado de São Paulo contou com especialistas e autoridades, como o Ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, o Prefeito de Curitiba Rafael Greca, o Governador Eleito Ratinho Junior, o Presidente da FIEP Edson Campagnolo, o Presidente da Fecomércio e Vice-Governador eleito Darci Piana, entre outras autoridades. Tambem prestigiaram o evento, Antonio Augusto Amaral de Carvalho Filho (o “Tutinha”) e Roberto Araújo, da Rede Jovem Pan SAT.

Edson Campagnolo, que recebeu o evento nas dependências da Fiep, fez questão de ressaltar o potencial de crescimento do estado e a importância de todos trabalharem juntos para isso. “O futuro do Paraná interessa à indústria e a cada cidadão que, nessas eleições, depositaram seu voto”.

Infraestrutura no Paraná

O tema ‘Infraestrutura no Paraná’ foi discutido por Igor Rocha, diretor de planejamento e economia da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), por Markenson Marques dos Santos, diretor da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (FETRANSPAR), por Daniel Rockenbach, vice-presidente da Operação Sul da Rumo Logística e Álvaro José Cabrini Júnior, membro da equipe de transição do Governo do Paraná.

Entre os assuntos abordados, Markenson  fez questão de ressaltar o ‘gargalo’ logístico que dificulta e encarece os produtos nacionais. “Sessenta por cento da tonelagem produzida no Brasil chega aos destinos por caminhões. E, de uma maneira não surpreendente, os caminhoneiros saíram do anonimato e pararam o país meses atrás. Daqui a pouco estamos em maio de novo, e o que foi feito até lá? Tem 150 mil transportadoras no Brasil e uma média de 7 caminhões por transportadora. Tem como isso dar certo? Não. Precisamos de boas políticas e inteligência”, afirmou.

Produtividade e Agronegócio no Paraná

Produtividade e Agronegócio, teve o painel mediado por Guilherme Rivaroli, apresentador do Paraná no Ar, da RICTV Record e contou com a presença de Jefrey Kleine Albers, da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP); João Arthur Mohr, da Federação das Indústrias do Paraná (FIEP); e Paulo Cesar Starke Junior, do Banco Regional de Desenvolvimento (BRDE).

“Hoje, a agricultura pecuária detém 69% do estado e não tem para onde crescer”, explicou Albers. “Estamos aumentando nossa capacidade produtiva, mas não se restringe porteira adentro. Por mais que se desenvolva e se cresça esse potencial, nós esbarramos em outras fronteiras nesse mercado, como o repasso do custo do pedágio”.

Turismo no Paraná

O painel sobre turismo encerrou o ciclo de debates. Nele, o Prefeito Rafael Greca e o Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, debateram com o Professor Jacó Gimennes, Presidente da Paraná Turismo e Adonai Aires de Arruda Filho, diretor comercial da Serra Verde Express.

Segundo o professor, o Paraná pode ser exemplo para todo o Brasil na área. “O estado é turístico, mas as maiores dificuldades nossas é tomar consciência que somos produtores de turismo. O Paraná pode mais”, concluiu o Gimennes.

Ratinho Júnior concordou que é necessário trabalhar com criatividade e investir para que o turismo se desenvolva no estado. “O turismo é a maneira mais barata de se gerar emprego no mundo”, lembrou o governador-eleito.

Fonte: Mitos e Fatos

 

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top