GP - Aeroporto Afonso Pena tem 16 voos cancelados por falta de combustível

GP - Aeroporto Afonso Pena tem 16 voos cancelados por falta de combustível

29 de maio, 2018

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, que atende a Curitiba e região, tem 16 voos cancelados nesta terça-feira (29) por falta de combustível para abastecer as aeronaves. No último domingo (27), o governo chegou a anunciar um acordo com as lideranças da paralisação, mas os protestos seguiram pelas rodovias de todo o país.

Até as 8h17 da manhã de hoje 14 operações que seriam realizadas pela Azul e duas que seriam realizadas pela Latam no aeroporto foram afetadas. Dessas, seis sairiam de Curitiba para outras cidades brasileiras.

São elas:

Voo 2871, da Azul, rota Curitiba-Congonhas; voo 3004, da Latam, rota Curitiba-Congonhas; voo 4240, da Azul, rota Curitiba-Guarulhos; voo 4236, da Azul, rota Curitiba-Santos Dumont; voo 5201, da Azul, rota Curitiba-Campinas; voo 4191, da Azul, rota Curitiba-Porto Alegre.

Outros dez voos que deveriam chegar a Curitiba nesta terça também foram cancelados pelas companhias.

Veja a lista completa a seguir:

Voo 3001, da Latam, rota Congonhas-Curitiba; voo 4035, da Azul, rota Guarulhos-Curitiba; voo 5790, da Azul, rota Santos Dumont-Curitiba; voo 2843, da Azul, rota Congonhas-Curitiba; voo 4282, da Azul, rota Campinas-Curitiba; voo 4156, da Azul, rota Porto Alegre-Curitiba; voo 5129, da Azul, rota Londrina-Curitiba; voo 6429, da Azul, rota Cascavel-Curitiba; voo 4243, da Azul, rota Campinas-Curitiba; voo 4237, da Azul, rota Santos Dumont-Curitiba.

No aeroporto de Londrina foram cancelados dois voos. O primeiro é o voo 5239, da Azul, que iria para Campinas às 19h55 de hoje. O outro é o voo 5129, também da Azul, que viria para Curitiba. Ainda em Londrina, o voo 2425, da Azul, que chegaria à cidade às 19h20 vindo de Campinas também já consta como cancelado.

No Brasil

A Infraero administra 54 aeroportos no Brasil e continua monitorando o abastecimento de querosene de aviação por parte dos fornecedores que atuam nos terminais. A empresa alertou aos operadores de aeronaves que avaliem seus planejamentos de voos para que cada um possa definir sua melhor estratégia de abastecimento de acordo com o estoque disponível nos terminais de origem e destino.

Abaixo segue a atualização de 8h05 desta terça-feira (29/5) sobre os aeroportos administrados pela Infraero e que estão com falta de combustível no momento:

São José dos Campos/SP
Uberlândia/MG
Campina Grande/PB
Juazeiro do Norte/CE
Aracaju/SE
Foz do Iguaçu/PR
Paulo Afonso/BA
Palmas/TO
Cuiabá/MT
Imperatriz/MA

Fonte: Gazeta do Povo Foto: Antônio More

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top