G1 - Greve de caminhoneiros chega ao 8º dia mesmo após anúncio de Temer

G1 - Greve de caminhoneiros chega ao 8º dia mesmo após anúncio de Temer

28 de maio, 2018

Caminhoneiros seguem protestando em ao menos 22 estados e no Distrito Federal, mesmo após decisão do presidente Michel Temer de reduzir o diesel por 60 dias e atender outras reivindicações da categoria.

Entre as medidas anunciadas por Temer, além da redução de R$ 0,46 no preço do litro do diesel por 60 dias, também está a isenção de pagamento de pedágio para eixos suspensos de caminhões vazios. "Panelaços" foram ouvidos durante a fala do presidente na noite de domingo.

Entidades que representam caminhoneiros aprovaram as medidas, mas disseram que precisam de tempo para desmobilizar os motoristas parados nas estradas.

Muitos serviços essenciais continuam restritos por causa da greve; veja a seguir:

Transporte

Confira as capitais com transporte público afetado nesta segunda-feira:

Aracaju: frota 30% menor

Belo Horizonte: redução de 50% fora do horário de pico

Goiânia: frota 15% menor

Cuiabá: frota 50% menor

Florianópolis: operação com horários de sábado

Natal: frota reduzida

Palmas: frota 5% menor

Porto Alegre: frota reduzida fora do horário de pico

Recife: demora nos pontos

Rio de Janeiro: 40% da frota circula

São Luís: frota 70% menor

Aeroportos

Na manhã da segunda-feira, ainda estavam sem combustível 8 dos 54 aeroportos administrados pela Infraero.

Veja quais são:

São José dos Campos (SP)

Uberlândia (MG)

Ilhéus (BA)

Campina Grande (PB)

Juazeiro do Norte (CE)

Aracaju (SE)

João Pessoa (PB)

Teresina (PI)

Educação

Alguns alunos de instituição públicas e particulares tiveram as aulas desta segunda-feira suspensas por causa greve em diversas cidades do país.

São Paulo: USP e Unesp suspenderam as aulas da graduação; Unicamp e Unesp não estão funcionando em nenhum curso; Etecs e Fatecs delegaram a cada unidade avaliar se as atividades são mantidas ou não.
Paraná: cada setor da UFPR decide se vai parar. Na Universidade Tecnológica Federal todas as aulas estão suspensas, assim como nas unidades da PUC-PR em Curitiba, Londrina, Maringá e Toledo. Veja as demais instituições do estado.

Medidas anunciadas por Temer

1. Redução de R$ 0,46 no litro do diesel

2. Preço será mantido por 60 dias. Depois, ajustes serão mensais

3. Medida provisória será editada para isenção de pedágio em caminhões com eixos suspensos

4. Caminhoneiros autônomos terão garantia de 30% dos fretes da Conab

5. Medida Provisória estabelecerá tabela mínima de frete, em análise no Senado Federal

Fonte: G1 Foto: Marcelo Brandt

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top