Comissão do BID conhece obras rodoviárias na Região Metropolitana de Curitiba

Comissão do BID conhece obras rodoviárias na Região Metropolitana de Curitiba

17 de fevereiro, 2017

Comissão do BID conhece obras rodoviárias na Região Metropolitana de Curitiba

Representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) visitaram nesta semana obras rodoviárias da Região Metropolitana de Curitiba. O procedimento foi coordenado por técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR), que apresentaram um panorama atual sobre as condições das rodovias, os desafios na execução das obras e todo o planejamento para reduzir os gargalos rodoviários nos municípios da RMC.

A visita da comissão do BID faz parte da programação dos estudos que envolvem o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Estado. Orçado em US$ 435 milhões, o programa prevê uma série de obras em rodovias do Paraná, como construção de contornos, pavimentação de novas rodovias e também duplicações.

Questões relativas à reintegração de faixas de domínio, aspectos ambientais e a elaboração dos projetos referentes às obras foram discutidas. Na rodovia João Leopoldo Jacomel (PR-415), principal ligação entre Curitiba, Pinhais e Piraquara, os engenheiros responsáveis pela obra destacaram o planejamento para a construção de obras de artes especiais (viadutos e trincheiras) em trechos de perímetro urbano e com intenso tráfego de veículos. Por dia, cerca de 25 mil veículos circulam nos dois sentidos.

“Essa etapa em campo é importante para que a comissão do Banco Interamericano de Desenvolvimento conheça toda a complexidade que envolve os serviços de reestruturação ou construção de novas rodovias em locais com grande concentração populacional”, afirma o diretor-geral do DER, Nelson Leal Junior.

Financiamento

Do valor total de US$ 435 milhões, a proposta prevê um financiamento de US$ 235 milhões em empréstimos junto ao BID e os outros US$ 200 milhões de contrapartida do Governo do Paraná.

A expectativa é que o empréstimo seja assinado no segundo semestre de 2017. Entre as obras previstas no financiamento estão os contornos de Wenceslau Braz (Norte Pioneiro), de Marechal Cândido Rondon (Oeste) e de Castro (Campos Gerais) e as pavimentações entre São Mateus do Sul e Irati (Sul), do acesso de Coronel Domingos Soares (Sudoeste) e da ligação entre Pitanga a Mato Rico (Centro).

Infraestrutura

Além dos recursos para modernização das rodovias, o financiamento do BID prevê, também, a criação de pontos de armazenagem de grãos, estacionamentos e áreas de serviços em regiões estratégicas para o transporte de cargas no Paraná. A intenção é construir esses centros em Cascavel, Maringá, Ponta Grossa, Guarapuava e Guaíra.

Fonte: Tudo Pinhais

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top