CNT – Sistema CNT participa de atividades sobre inovação nos EUA

CNT – Sistema CNT participa de atividades sobre inovação nos EUA

26 de fevereiro, 2018

Representantes do SEST SENAT, da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e do ITL (Instituto de Transporte e Logística) estiveram, nesta semana, na Universidade de Stanford, na Califórnia (EUA), para participar do Workshop Global de Liderança em Inovação. A atividade foi promovida pelo mediaX, um catalisador de parcerias setoriais e acadêmicas que analisa o impacto da tecnologia da informação sobre a sociedade, vinculado à instituição universitária.

No evento, líderes e membros do mediaX discutiram, entre outros pontos, a mobilidade, a influência das novas tecnologias na vida das cidades, o impacto no setor de transporte e a forma como as novas tecnologias podem ser utilizadas para redesenhar experiências móveis.

Na próxima semana, técnicos do SEST SENAT permanecerão na Universidade de Stanford para participarem de um encontro global sobre cidades digitais e tecnologias disruptivas. Serão discutidos tópicos como moeda cibernética, veículos autônomos, os últimos desenvolvimentos em Internet das Coisas, inteligência artificial e análises preditivas.

O SEST SENAT aderiu ao mediaX no ano passado. O objetivo é elaborar e implementar metodologias educacionais para capacitar trabalhadores do transporte a partir da visão e dos pensamentos estratégicos de líderes, executivos e profissionais do setor.

Por meio da parceria, já foram realizados workshops que promoveram discussões sobre o futuro do transporte brasileiro e da qualificação dos trabalhadores do setor.

Os trabalhos envolvem, também, o Fórum de Inovação do Transporte, grupo criado pelo Sistema CNT para pensar o presente e o futuro do transporte brasileiro. O Fórum – que conta com 30 integrantes, representantes de todos os modais de transporte – estimula a reflexão sobre as necessidades e possibilidades de melhorias para o setor. Além disso, monitora tendências e debate tecnologias e propostas inovadoras que sejam capazes de possibilitar o desenvolvimento do setor e dos trabalhadores.

Fonte e Foto: CNT

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Abr/2020
Top