CNT - Setor projeta ciclo de crescimento com novo governo

CNT - Setor projeta ciclo de crescimento com novo governo

07 de novembro, 2018

O setor de transporte já vive a expectativa de entrar em um novo ciclo virtuoso, de desenvolvimento e de geração de empregos e riquezas. Em seu plano de governo, o novo presidente Jair Bolsonaro sinalizou que deve conferir status de agenda prioritária ao setor de transportes e infraestrutura, o que demanda investimentos na desburocratização e simplificação de processos, segundo a Agência CNT de Notícias.

A premissa fundamental do programa que venceu as eleições é a de que o baixo risco regulatório poderá atrair investimentos e, por consequência, aplacar o desemprego e reduzir custos. “O setor pode deixar de ser um gargalo para se transformar em solução”, argumenta Bolsonaro no seu plano. O novo presidente da República defendeu, em publicação no Twitter, a integração de rodovias e ferrovias para melhorar o transporte de cargas no país. “A melhoria nesse setor vai além das estruturas portuárias e deve ter integração com uma vasta malha ferroviária e rodoviária ligando as principais regiões, assim como é feito em outros países”, disse.

O programa de governo cita a deficiência das rodovias e ferrovias atualmente, utilizando dados da Pesquisa CNT de Rodovias para ilustrar o descaso com as vias brasileiras e a acentuada queda de investimentos públicos nessa área nos últimos anos.

O presidente da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Clésio Andrade, em nota, cumprimentou o novo presidente. “A expectativa do setor transportador é a de que, daqui para a frente, todos se unam em favor do bem comum, em busca de harmonia social e da retomada do desenvolvimento econômico do Brasil”. Clésio Andrade destaca que o período eleitoral foi permeado por um ambiente totalmente democrático e republicano. “É hora de seguir em frente e reconstruir o nosso país. Nós, transportadores, acreditamos no Brasil e no povo brasileiro. Estamos à disposição do novo governo para, juntos, traçarmos os melhores caminhos para o país”.

Fonte: Agência CNT de Notícias Foto: Divulgação

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top