CNT - Petrobras aumenta preço do diesel

CNT - Petrobras aumenta preço do diesel

01 de fevereiro, 2019

A Petrobras anunciou um aumento de 1,0% no preço médio do diesel nas refinarias. Com isso, o valor médio por litro passa, a partir desta quinta-feira (31), de R$ 1,9998 para R$ 2,0198. O valor da gasolina permanece inalterado, ficando em 1,4907. Esse preço médio, contudo, já havia sofrido uma redução de 1,30% na última terça-feira (29).

Vale lembrar que, no final do ano passado, o governo federal pôs fim ao programa de subvenção ao diesel, que havia sido criado após a greve dos caminhoneiros, no mês de maio. Uma das principais reinvindicações da categoria era a redução no preço do combustível.

A mais recente Pesquisa CNT Perfil dos Caminhoneiros revelou que a redução do valor do principal insumo do setor é o maior pleito desses profissionais, além de estar entre os principais entraves da profissão.

Política de preços

Desde 2016, a Petrobras decidiu adotar nova política de precificação dos combustíveis, atrelando seus reajustes à cotação do petróleo no mercado internacional, com reavaliações de seus preços mensalmente. Oito meses depois, a companhia anunciou que essas revisões teriam de ser mais regulares em razão da alta variação da taxa de câmbio e das cotações do petróleo no mercado exterior. A partir de então, a empresa passou a realizar reajustes a qualquer momento, até mesmo diariamente.

Desde o início dessa nova política, o preço do diesel comercializado nas refinarias acumula alta de mais de 48%. Esse é um tema sensível para os transportadores brasileiros. Na Sondagem Expectativas Econômicas do Transportador 2018, divulgada pela CNT, 77,6% dos transportadores declararam estar preocupados com uma possível nova alteração da metodologia de preço do insumo. Eles consideram essa questão como o primeiro grande desafio do governo do presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: CNT Foto: Divulgação

Comente pelo Facebook

JORNAL Out/2019
Top