CNT - Crescimento do comércio global pode representar retomada do setor de transporte de cargas
  • 25-anos
  • despoluir
  • sest senat

CNT - Crescimento do comércio global pode representar retomada do setor de transporte de cargas

09 de fevereiro, 2018

O momento é de “otimismo moderado”, mas o relatório “Panorama da Economia Mundial” divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) aponta que a tempestade já passou e que o segmento de transporte de cargas pode ser impactado de forma positiva já a partir deste ano no Brasil. A avaliação consta do boletim Conjuntura do Transporte – Macroeconomia, da CNT (Confederação Nacional do Transporte).

De acordo com os dados apresentados pelo FMI, a previsão é de que 2017 tenha sido o melhor ano desde 2011 em termos de expansão do PIB e comércio mundiais. Os cálculos apontam que a produção mundial tenha crescido 3,7% e que deve avançar 3,9% em 2018 e 2019. A expectativa é de que, como consequência, o volume de bens e serviços transacionados no comércio internacional em 2017 aumentaram em 4,7%.

Os dados do FMI que ajudam a explicar a posição da CNT em relação ao país remetem, também, ao PIB brasileiro. De acordo com o relatório, o índice pode ter crescido 1,1% em 2017 e tem potencial para atingir 1,9% em 2018 e 2,1% em 2019. A instituição projeta, também, expansão do Produto Interno Bruto dos principais parceiros comerciais do Brasil como a China, Estados Unidos, Argentina, Área do Euro e América Latina e Caribe.

Intermodal South America

A avaliação da CNT só não é mais otimista, pois o país ainda aguarda reformas como a da previdência e a retomada dos investimentos públicos. Um termômetro para aferir se o mercado responde ao posicionamento da entidade é a Intermodal South America, feira internacional de logística, transporte de cargas e comércio exterior, que acontece de 13 a 15 de março, no São Paulo Expo, na capital paulista.

O evento reúne empresas nacionais e internacionais associadas a cada um dos elos da cadeia da logística de armazenamento e transporte. A expectativa UBM Brazil, responsável pela organização da feira, é de que 33 mil profissionais, em sua maioria representantes de embarcadores dos mais diversos setores da economia, armazéns, condomínios logísticos, operadores, tradings e empresas em geral participem do encontro.

Na última edição, o reuniu mais de 400 marcas de 22 países, como Argentina, Bélgica, China, Estados Unidos e Reino Unido.

Fonte: CNT Foto: Divulgação

Comente pelo Facebook

25 ANOS

Visite o hotsite em comemoração aos 25 Anos

saiba mais
DESPOLUIR

Programa Ambiental do
Transporte

saiba mais
SEST SENAT

Serviço Social do Transporte
Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte

saiba mais
JORNAL Out/2018
Proluv
Top