CBN - Trabalhadores portuários serão vacinados contra Covid-19

CBN - Trabalhadores portuários serão vacinados contra Covid-19

26 de maio, 2021

Os trabalhadores dos portos de Paranaguá e Antonina, no litoral do estado, devem receber nos próximos dias a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A categoria profissional está no Plano Estadual de Vacinação do Governo do Paraná, junto com outros grupos de profissionais.

A medida de antecipar a vacinação desse público foi adotada pelo Ministério da Saúde se deu pela identificação da variante indiana do coronavírus que chegou ao Brasil, justamente, por seis tripulantes de um navio que saiu da Malásia e chegou ao Maranhão.

Segundo a Portos do Paraná, barreiras sanitárias de equipes médicas e de enfermagem ficam 24 horas por dia no acesso aos cais e no Pátio de Triagem.

Além disso, conforme a autarquia, os tripulantes dos navios seguem sem autorização para desembarcar nos portos paranaenses, a não ser para questões fundamentais como consultas médicas e odontológicas, questões legais e troca de tripulação.

O diretor de desenvolvimento empresarial da Portos do Paraná, André Pioli, frisou sobre a importância da vacinação dos trabalhadores dos portos paranaenses e afirmou que, por enquanto, não foi necessária outra medida de contenção, além das já adotadas.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, ressaltou que o grupo de trabalhadores dos portos de Paranaguá e Antonina envolve todas as categorias de Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs), empresas e agências marítimas que atuam nos portos do Paraná.

Conforme o Ministério da Saúde, os trabalhadores portuários receberão doses da AstraZeneca/Oxford, produzidas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Conforme a Portos do Paraná, desde o início das barreiras sanitárias no Porto de Paranaguá, dia 25 de março de 2020, até o último dia 30 de abril, foram feitas 1.871.270 triagens com aferição de temperatura. Desse total, 2.322 trabalhadores passaram por atendimentos médicos, 313 pessoas apresentaram sintomas da Covid-19 e 30 foram encaminhados à rede municipal de saúde.

Sobre a quantidade de trabalhadores que estariam entre os portuários, estima-se que seja de 13.545 pessoas, mas sem descontar o público que já teria recebido os imunizantes em outras etapas do Plano de Vacinação.

Ouça reportagem

Fonte: CBN Foto: Divulgação

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2021
Top