BAND NEWS - Nesta quarta, nova concessionária assume o Ferry Boat de Guaratuba; tarifa será reajusta

BAND NEWS - Nesta quarta, nova concessionária assume o Ferry Boat de Guaratuba; tarifa será reajusta

07 de abril, 2021

Nesta quarta-feira (7), nova empresa concessionária assume o Ferry Boat de Guaratuba. Com isso, a tarifa terá reajuste de 20%, subindo para R$ 8,90. Segundo o Governo do Estado, o valor vai garantir a operacionalidade da travessia e a execução das melhorias e inovações previstas em contrato.

Continuam isentos do pagamento de tarifa os veículos emplacados e pertencentes a proprietários que residem no município de Guaratuba, para uma viagem de ida e volta, uma vez ao dia. Também terão trânsito livre nas embarcações veículos oficiais, como do Batalhão de Polícia Rodoviária, do Corpo de Bombeiros e ambulâncias a serviço.

A nova operadora deve explorar a infraestrutura e o transporte aquaviário de veículos e passageiros na travessia da Baía de Guaratuba. Ainda de acordo com o Governo Estadual, a nova empresa deve iniciar uma série de melhorias já a partir deste primeiro ano de contrato. Dentre elas, estão a revitalização do pavimento, implantação de ciclovias e a reforma e adequação dos quatro atracadouros, incluindo rampas e flutuantes.

Edificações da área também devem ser revitalizadas, como a lanchonete, o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), as instalações sanitárias e o fraldário e área de convivência do lado de Guaratuba. Soluções tecnológicas e exploração comercial dos espaços disponíveis também poderão ser desenvolvidas pela nova concessionária, mediante aprovação do Departamento de Estrada e Rodagem do Paraná (DER/PR).

Vendas de bilhetes, por exemplo, podem ter propostas alternativas para a compra via internet ou aplicativo para celular, com o objetivo de reduzir as filas de espera nas bilheterias. O edital de licitação da concessão da travessia prevê opções para quando a ponte da Baía de Guaratuba for concluída.

Inicialmente a empresa deverá elaborar, com participação do Departamento, estudos de impacto econômico-financeiro relativos à presença da ponte. Caso eles apontem a inviabilidade de continuar a concessão, ela pode propor a extinção do contrato.

Fonte: Band News Foto: DER

Comente pelo Facebook

JORNAL Mar/2021
Top