AEN - Banco de Projetos do Paraná avalia primeiras propostas

AEN - Banco de Projetos do Paraná avalia primeiras propostas

20 de setembro, 2019

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) realizou nesta terça-feira (17) a primeira abertura de envelopes com as propostas técnicas para uma licitação de projeto do Banco de Projetos do Paraná.

Está sendo licitada a contratação de empresa de consultoria para elaborar o projeto executivo de engenharia de reabilitação/restauração da PR-180, no trecho entre Goioerê e Quarto Centenário, ambas na região Centro-Oeste.

Três consórcios e duas empresas protocolaram propostas técnicas que serão analisadas por comissão do DER/PR e receberão uma avaliação de acordo com os critérios do certame. Na sequência, as empresas serão chamadas para a abertura das propostas de preços, também já submetidas no mesmo envelope.

“Em menos de um mês desde o seu lançamento, o Banco de Projetos já analisa as primeiras propostas para elaboração de um projeto executivo de engenharia. Essa agilidade demonstra a seriedade com que o Governo do Paraná está tratando essa iniciativa, que será um marco na infraestrutura do Estado por muitos anos”, afirma o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex.

De acordo com o chefe da Casa Civil, Guto Silva, na sequência será realizada a licitação do projeto executivo da PR-151, entre Ponta Grossa e Palmeira. “Nossa meta é licitar R$ 70 milhões em projetos até o final do ano, incluindo as rodovias com maiores problemas, como a PR-280 (Sul/Sudoeste), PR-323 (Norte/Noroeste) e PR-092 (Capital/Campos Gerais)”, destaca.

Procedimentos

As propostas técnicas são avaliadas de acordo com a experiência prévia da empresa, metodologia e plano de trabalho apresentados, além da qualificação dos profissionais que farão os estudos necessários para elaborar o projeto. Depois serão analisadas as propostas de preços para então definir a empresa ou consórcio vencedor.

A execução do projeto de engenharia para restauração da PR-180 tem valor estimado de R$ 1.013 milhão e duração prevista de seis meses. Além da reabilitação/restauração de 11,13 quilômetros da PR-180, ele também prevê a possibilidade da ampliação de capacidade do trecho, o que inclui a implantação de acostamentos, terceiras faixas e acessos, entre outros.

“Este projeto executivo de engenharia deverá propor obras que garantam redução do tempo de viagem, melhores condições de segurança e facilidade para o acesso a localidades vizinhas”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

Fonte e Foto: AEN

 

Comente pelo Facebook

JORNAL Abr/2024
Top