AE - Duplicação da PR-445 será licitada no início de 2018

AE - Duplicação da PR-445 será licitada no início de 2018

22 de dezembro, 2017

O Governo do Paraná vai abrir nos primeiros dias de 2018 a licitação para a duplicação de 15,2 quilômetros da PR-445 entre o distrito de Irerê (km 50) e Londrina (km 65,2). A obra está orçada em mais de R$ 135 milhões e deve começar ainda no primeiro semestre do ano que vem. O trecho da PR-445 no perímetro urbano de Londrina e Cambé já está pronto.

A população de Londrina e região conheceu nesta quinta-feira (21) detalhes do projeto de duplicação. A audiência pública contou com a participação de 200 pessoas, que puderam fazer perguntas e ouvir explicações de técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR). O evento aconteceu no Instituto Agronômico do Paraná (Iapar).

Na expectativa

A modernização deste trecho da PR-445 é bastante aguardada por moradores da região, como Danilo Alberto Lopes, motorista há 11 anos e que percorre bastante o trecho entre Tamarana e Londrina. “As pessoas de Irerê, Tamarana, Mauá da Serra e até Faxinal que trabalham com agricultura e produtos de hortifrutigranjeiros e trazem sua produção para o Ceasa de Londrina preferem desviar dos pedágios e trafegam pela PR-445”, disse.

Além da duplicação, estão previstas a construção de 12 novas obras de arte especiais (trincheiras e viadutos) e alargamento da ponte sobre o Ribeirão dos Apertados. O projeto também contempla três interseções, vias marginais, muros de contenção em vários trechos e outras melhorias que aumentarão consideravelmente a segurança e o conforto dos motoristas.

Esta é a esperança de Rosalina Batista. “O que vai melhorar é a proteção da vida, pois isso não tem preço, e também o desenvolvimento, a atração de empresas para a região sul, que necessita de mais oferta de empregos”, afirmou a mineira, que mora desde 1970 em Londrina.

Presenças

O evento contou com a participação do diretor de Operações do DER-PR, Paulo Montes Luz; do superintendente da Regional Norte, Sergio Selvatici; do diretor da CMTU, Moacir Norberto Sgarioni; chefe regional do IAP, Ronaldo Deber Siena; gerente regional do Crea, Edgar Matzuo Tsuzuki; dos deputados Tiago Amaral, Luiz Claudio Romanelli e Tercilio Turini; e do prefeito de Tamarana, Beto Siena.

Fonte: AE

Comente pelo Facebook

JORNAL Ago/2019
Top